sexta-feira, 9 de junho de 2017

Papão encara o Goiás nesta sexta-feira no Mangueirão

O Paysandu vai jogar modificado contra o Goiás, hoje (9), às 21h30 pela sexta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, no Mangueirão. Por causa de lesão e desgaste muscular, Marcelo Chamusca vai precisar mexer no elenco. No lugar de Rodrigo Andrade, que sofreu trauma no joelho, entra Leandro Carvalho. No lugar do atacante Marcão, que sofreu com uma fadiga no músculo posterior da coxa, Daniel Amorim. O esboço da equipe do Papão que vai para o confronto com o Esmeraldino foi mostrado ontem à tarde durante o único treino na Curuzu.
As duas trocas são para que o elenco bicolor tenha força e consiga vencer em casa mais uma vez. Até agora, o Paysandu tem três vitórias (duas em casa e uma fora), um empate e uma derrota na competição, o que lhe garante a 2ª colocação da Série B, com dez pontos, no grupo que dá acesso à Série A de 2018. Se vencer, o Paysandu pode até voltar a ser líder. “Após o jogo contra o ABC, alguns jogadores apresentaram problemas clínicos. Rodrigo Andrade teve trauma no joelho e Marcão mostrou uma fadiga excessiva no músculo posterior da coxa. Eu já tinha dito que dificilmente manteria a mesma escalação dos jogos passados. Estamos trabalhando de forma obsessiva pelos três pontos porque sabemos da importância para a nossa posição na tabela”, afirmou o técnico Marcelo Chamusca.
O Paysandu teve apenas um dia para treinar em Belém, mas o técnico Chamusca está tranquilo em relação à equipe que vai entrar em campo e que possa corresponder. Até porque o Goiás também fez uma viagem longa. Apesar disso, o Goiás deve ir para cima do Paysandu, até para sair da 17ª colocação na tabela, dentro da zona de rebaixamento. “Nossa alento é que terça foi rodada cheia e o Goiás também jogou e veio depois para Belém. Acredito que os dois times vão chegar na mesma condição fisicamente. Sabemos que o jogo contra o Goiás será difícil pois o adversário vem de uma vitória e tem bom investimentos, com jogadores de qualidade. Então, vamos estar atentos”, afirmou o técnico do Paysandu.
O time deve jogar com: Emerson no gol, Ayrton e Perí nas laterais direita e esquerda respectivamente, Augusto Recife e Wesley na marcação do meio-campo, Fernando Gabriel na armação, Leandro Carvalho e Welinton Junior no ataque pelas pontas com obrigação de retorno ao meio para recomposição defensiva, além de Daniel Amorim na referência do ataque.
http://www.orm.com.br

Jogo com Avaí vale a ‘sobrevivência’ de Zé Ricardo no Flamengo


Zé Ricardo perderá o cargo em caso de nova derrota neste domingo (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)


A diretoria do Flamengo optou pela manutenção do técnico Zé Ricardo no cargo mesmo após a derrota de 2 a 0 para o Sport em Pernambuco. Porém, o treinador foi avisado que uma derrota no domingo para o Avaí vai gerar a sua demissão. Os dois times se enfrentarão a partir das 16h(de Brasília), no Estádio Ressacada, em Florianópolis (SC), pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Com seis pontos conquistados o Rubro-Negro flerta com a zona de rebaixamento. Muito pouco para quem montou um elenco que fala em conquista de título.
Zé Ricardo não vive um bom momento no clube. O treinador foi muito hostilizado por torcedores no desembarque da delegação no Rio de Janeiro, na quinta-feira. Muitos reclamam da insistência em alguns jogadores, como o goleiro Alex Muralha, e outros falam que o técnico tem uma postura defensiva. Na tarde de quinta-feira ele participou de uma reunião com o presidente Eduardo Bandeira de Mello, com o diretor geral Fred Luz, com Rodrigo Caetano, diretor do departamento de futebol e com o coordenador Mozer.
Na conversa Zé Ricardo foi cobrado por maus resultados mesmo com elenco qualificado e questionado sobre algumas escolhas, como a escalação do time na derrota de 2 a 1 para o San Lorenzao, na Argentina, que custou a eliminação na Copa Libertadores. Porém, também lembrou aos dirigentes que os fantásticos nomes contratados para o meio não estavam à disposição neste jogo. Diego estava lesionado, o argentino Federico Mancuello mal fisicamente, seu compatriota Darío Conca sequer estreou e Everton Ribeiro nem sonhava em ser contratado.
Os dirigentes não confirmam o tom de cobrança a Zé Ricardo e nem que o treinador corre risco de demissão. O comandante, em entrevista coletiva após o jogo com o Sport, admitiu a crise.
“Estamos passando um momento delicado e por isso precisamos ter tranquilidade para projetar a equipe e mudanças com calma. Confio no grupo do Flamengo e acredito na reação”, disse Zé Ricardo, que já dirigiu o Flamengo em 73 partidas, conquistando 40 vitórias, tendo 20 empates e sofrendo 13 derrotas.
Para o jogo contra o Avaí o time só será definido no treino desta manhã de sábado, mas o treinador não poderá contar mais uma vez com o lateral-esquerdo Miguel Trauco e nem com o atacante Paolo Guerrero, servindo à seleção peruana em amistosos internacionais. É possível que Conca seja pela primeira vez relacionado. Após a atividade a delegação embarca para a capital catarinense.

Mateus Vital pede novo voto de confiança à torcida do Vasco após goleada

Cruzmaltino perdeu para o Corinthians por 5 a 2, pelo Brasileirão

Rio - O meia-atacante Mateus Vital pediu novo voto de confiança à torcida "Espero que isso não aconteça (torcedores deixarem de comparecer). A torcida está sendo fundamental para as nossas vitórias. Nos apoiou do começo ao fim. Espero que eles continuem vindo para nos dar apoio até o fim", afirmou o garoto.
Mateus Vital espera que a torcida vascaína não abandone o timePaulo Fernandes / Vasco.com.br / Divulgação
Mateus Vital mostrou maturidade após a derrota em casa. Segundo ele, o placar elástico, de 5 a 2, diante do Corinthians não fez jus ao bom futebol exibido pelo Vasco em grande parte do jogo.
"A derrota doeu bastante. Perder do placar que foi, não diz o que foi o jogo, mas foi alongado para dentro de casa. Estamos no começo do campeonato e temos a oportunidade de mudar a situação. Temos outro jogo sábado (amanhã) e a chance de reverter a situação", argumentou Mateus Vital.
O Gigante da Colina terá a oportunidade de se reabilitar em casa no próximo sábado contra o Sport Recife. Já o Timão, que dorme na liderança do Brasileiro, volta aos gramados no domingo em clássico contra o São Paulo.

Botafogo liga sinal de alerta com momento do Coritiba


Botafogo inicia preparação para pegar o Coxa (Foto: Satiro Sodré/SSPress)

Enfrentar um adversário que vem de três vitórias consecutivas, sendo a mais recente de 1 a 0 sobre o campeão brasileiro Palmeiras, seria motivo de preocupação para qualquer equipe. E não é diferente com o Botafogo, que neste domingo, às 11h (de Brasília), recebe o embalado Coritiba no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), pela sexta rodada do Brasileirão.
O bom momento do rival fez os alvinegros ligarem o sinal de alerta. “O Coritiba montou num time bem equilibrado e isso se percebe nos jogos do time até aqui. Eles batalham até conseguirem o objetivo que desejam e por isso mesmo precisamos de muito cuidado para não sermos surpreendido”, disse o atacante Rodrigo Pimpão.
Ensinamento que foi transmitido pelo técnico Jair Ventura. “É um adversário muito qualificado, que atravessa um grande momento e dá sinais de que pode brigar por coisas boas nesta competição. Portanto, precisamos de cuidado redobrado, ainda mais porque jogamos em casa e temos que somar três pontos. Apesar disso, vai ser mais uma das batalhas que estamos enfrentando neste Campeonato Brasileiro, que é dificílimo”, afirmou Jair.
Leia mais: 
Na manhã desta sexta-feira os jogadores participaram de um circuito físico e depois de um trabalho técnico. O lateral-esquerdo Víctor Luis, o meia Camilo e o atacante Guilherme seguem no departamento médico e não serão relacionados. O zagueiro Emerson Silva, livre de dores na perna direita, deve ficar como opção no banco de reservas. A novidade da atividade ficou por conta do meia Marcos Vinícius, que foi trocado pelo atacante Sassá com o Cruzeiro. O jogador ainda não assinou contrato, o que deve acontecer na segunda-feira.
Por conta do excesso de desgaste físico, Jair Ventura não definiu a escalação do time para o jogo deste domingo. Porém, ele pode promover a entrada desde o começo do meia argentino Walter Montillo, que entrou no segundo tempo diante do Santos após se recuperar de lesão na perna direita. Se isso acontecer, Matheus Fernandes deixa o time e João Paulo volta a jogar como terceiro volante. A boa notícia fica por conta do retorno do goleiro Gatito Fernández, que estava servindo à seleção paraguaia em amistosos internacionais e reaparece na vaga de Helton Leite, que falhou contra o Peixe. Além dele, o volante Bruno Silva, poupado na quarta, retoma a vaga de Fernandes.
Apesar do mistério, o esboço de time para domingo tem: Gatito Fernández, Arnaldo, Joel Carli, Igor Rabello e Gilson; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Matheus Fernandes (Walter Montillo) e João Paulo; Rodrigo Pimpão e Roger. Neste sábado o elenco treina pela manhã e depois começa o período de concentração para a partida.
Fonte: Gazeta Esportiva

Torcedores pedem que City mande embora argentino que atingiu Gabriel Jesus

Brasileiro precisou ser levado ao hospital após derrota da Seleção, por 1 a 0

Austrália - Não foi só um gol perdido que marcou a atuação de Gabriel Jesus diante da Argentina, nesta sexta-feira. O jogador precisou deixar o gramado após uma cotovelada acidental que levou de Otamendi. O craque brasileiro sofreu um pequeno corte e foi levado ao hospital, após a derrota da Seleção por 1 a 0.
Gabriel Jesus saiu de macaMowa Press
Gabriel Jesus já havia ficado afastado do gramado por uma contusão, jogando pelo Manchester City. A torcida do clube inglês não ficou nada satisfeita com a cena. Não somente pela preocupação com um atleta, mas por ter sido atingido por um companheiro de time. O ocorrido fez com que os apaixonados pelo City pedissem a saída do argentino da equipe nas redes sociais.
O brasileiro chegou ao Manchester City em dezembro, desde então atua ao lado de Otamendi. A relação não rendeu uma amizade e os torcedores ingleses parecem ter escolhido um lado. Na Internet, muitas postagens foram feitas pedindo que o clube de dispense o jogador: "Otamendi pode ir embora"

.

CBF confirma Fluminense e Flamengo para o Maracanã, pelo Brasileirão

Duelo será realizado no próximo dia 18, com mando da equipe tricolor

Rio - O Maracanã receberá o próximo encontro entre Flamengo e Fluminense, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. O clássico foi confirmado no estádio pela Confederação Brasileira de Futebol. A partida será realizada no dia 18 de junho, às 16h, com mando do Tricolor.
Será o primeiro clássico do Brasileiro disputado no MaracanãDivulgação
O último duelo entre as equipes, disputado no Maracanã, foi a decisão do Estadual, que terminou com festa rubro-negra. No Brasileirão, o único encontro entre cariocas aconteceu no último domingo, quando o Flamengo recebeu o Botafogo, em Volta Redonda.
A situação do Fluminense na classificação do Brasileiro é mais confortável que a do adversário da Gávea. Com cinco rodadas completadas, o time das Laranjeiras ocupa a quarta posição, com dez pontos. A equipe de Zé Ricardo aparece na 14ª colocação, com seis pontos.

Bayern irá oferecer R$ 165 milhões por Alexis Sánchez


Alexis Sánchez pode se transferir para o Bayerm de Munique (Foto: Glyn Kirk/AFP)


A permanência de Arsene Wenger no comando do Arsenal pode trazer grandes mudanças na equipe. Tido como um dos jogadores que possuem desavenças com o comandante francês, Alexis Sánchez deve procurar uma nova equipe para a próxima temporada. Um dos clubes que mais tem demonstrado interesse no futebol do chileno é o Bayern de Munique.
Segundo informações do jornal londrino Evening Standard, a contratação do atacante é vista com muito bons olhos por Carlo Ancelotti. Tanto que os bávaros estaria dispostos a investir 40 milhões de euros (cerca de R$ 165 milhões) pela contratação do atleta.
A publicação informa informa ainda que os alemães ofereceriam um salário de 400 mil euros (aproximadamente R$ 1,45 milhão) semanais. Caso o acerto se concretize, o chileno passaria a receber o maior montante dentro do elenco bávaro – posto que pertence a Robert Lewandowski que recebe 340 mil euros (R$ 1,24 milhão).
Além do atual campeão alemão, Chelsea e Manchester City também possuem interesse em Alexis Sánchez, porém o Arsenal fará de tudo para que o jogador, caso não permaneça no clube, se transfira para longe do país.
Fonte: Gazeta Esportiva